A Estrela Michelin conquistada por Henrique Sá Pessoa veio para ficar

image005

Há um ano, o Alma de Henrique Sá Pessoa celebrava a chegada da primeira Estrela Michelin, por altura do primeiro aniversário. Agora é tempo de renovar os votos e festejar a permanência da distinção para o restaurante do chef no Chiado.

Foi ontem à noite anunciado na cerimónia de apresentação do Guia Michelin Espanha e Portugal 2018, em Tenerife, e é sempre um motivo de orgulho para o cozinheiro, para a equipa, e para todo o país: o Alma continua a ser um dos restaurantes galardoados do Guia, merecedor de uma visita. Quanto a Henrique Sá Pessoa, este é “o reconhecimento de mais um ano de trabalho e de dedicação e de não termos descuidado o nível de excelência que queremos, sempre, manter”, por isso é tempo de renovar “os parabéns à equipa, sempre focada e tão disponível, e ao grupo Multifood, onde acreditam sempre tanto em mim e que me dão tanto alento”.

A distinção continua a ser vista por todos como um estímulo para continuarem a trabalhar, que leve o restaurante, o trabalho do chef e a gastronomia portuguesa ainda mais longe. Henrique Sá Pessoa prossegue ao leme das viagens gustativas do Alma, que passam por sabores nacionais e também por paragens gastronómicas mais distantes, trazendo sempre à mesa produto de excelência, trabalhado com muita técnica, num espaço histórico e inovador.

O Alma foi o primeiro projeto do chef em nome próprio: abriu em 2009 e oferecia uma cozinha contemporânea, com um excelente equilíbrio entre qualidade e preço. Logo nesse ano foi nomeado o Melhor Restaurante do Ano pela prestigiada Revista de Vinhos e tornou-se uma referência no panorama gastronómico nacional. É neste período que Henrique conhece Rui e Margarida Sanches, proprietários do grupo Multifood, com quem começa a desenvolver projectos tailor made, como o Cais da Pedra, em Santa Apolónia, e Henrique Sá Pessoa Mercado da Ribeira. Entre consultorias para outros projectos do grupo, o Alma seria apenas uma questão de tempo: em Outubro de 2015, abriu num edifício histórico no Chiado e, um ano depois, conquistou a primeira Estrela Michelin, que pretende manter por muitos anos. image012

O chef continua a trabalhar arduamente: em Fevereiro deste ano inaugurou o Tapisco, onde há tapas e petiscos num ambiente muito sofisticado, criou o seu Atelier e prepara-se para abrir um novo projecto no El Corte Inglés — Gourmet Experience. Henrique Sá Pessoa foi ainda jurado na competição San Pellegrino Young Chef 2017, em Madrid, e eleito Men of the Year 2017 pela Revista GQ, na categoria de Gourmet.

P.S

http://www.almalisboa.pt/pt